sexta-feira, 30 de outubro de 2009

terça-feira, 27 de outubro de 2009

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Portugal ajuda a bater novo Recorde do Mundo – “Levanta-te” 2009


O Recorde Mundial do Guinness foi mais uma vez batido por gente de todo o mundo que exige aos seus líderes acabar com a pobreza.


Mais de 173 Milhões de Pessoas juntaram-se aos eventos de “Levanta-te e Actua!”, conseguindo um novo recorde como a maior mobilização da história por uma mesma causa.

O Recorde Mundial do Guinness foi ultrapassado este fim-de-semana quando 173,045,325 cidadãos e cidadãs se juntaram em mais de 3000 eventos por mais de 120 países, para exigir aos seus governos que erradiquem a pobreza extrema e que cumpram os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM).


O Recorde Mundial do Guinness está certificado como “Levanta-te e Actua como a maior mobilização humana registada na história,” que no seu quarto ano, verificou um aumento de cerca de 57 milhões sobre o ano passado.


Portugal voltou a destacar-se por ser o país europeu com mais pessoas a levantarem-se para a erradicação da pobreza em termos percentuais. Portugal mobilizou cerca de 1,4% da sua População. E mais de 10% dos eventos mundiais realizaram-se em Portugal, conseguindo assim bater o recorde do ano anterior.

Associações, ONGs, mais de 150 escolas, diversos locais de culto, empresas, meios de comunicação e particulares confirmaram em Portugal um sólido apoio para a erradicação da pobreza e o cumprimento dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio. Com apoiantes e simpatizantes cada vez mais consolidados, a coligação nacional coordenada pela Campanha Pobreza Zero, tem conseguido dar cada vez maior visibilidade à causa.

Bruno G. M. Neto, Coordenador Programa Pobreza Zero- GCAP Portugal

terça-feira, 20 de outubro de 2009

AMI promove reutilização de consumíveis e telemóveis


A organização não governamental AMI está a promover uma campanha de reutilização de consumíveis e telemóveis. Os equipamentos que já não têm uso para os consumidores podem ser entregues numa rede de mais de seis mil parceiros

De acordo com a organização, esta rede de parceiros funciona como pontos de recolha dos consumíveis e telemóveis, que são posteriormente entregues a AMI para reutilização em outros países.
Além da redistribuição destes materiais, a campanha permitirá aos participantes adquirirem consumíveis regenerados a baixo custo.
Para a organização esta iniciativa é vista como «um contributo da AMI na promoção da sustentabilidade ambiental, funcionando adicionalmente como um original meio de angariação de fundos para as suas Equipas de Rua».
A lista dos pontos de recolha - mais de seis mil - pode ser consultada neste
link.
in Jornal Sol

domingo, 18 de outubro de 2009

Acção “Levanta-te e Actua”, dia 16/10

No nosso Agrupamento, contra a indiferença e a fome, a comunidade educativa assinalou o Dia Mundial para a Erradicação da Pobreza Extrema.

Após uma sensibilização conjunta, vestidos com camisolas brancas, leu-se o Manifesto e procedeu-se a uma largada de pombos.
No final, uma certeza: as nossas Escolas estão de mãos dadas com o Mundo, no que diz respeito às injustiças sociais!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Para reflectir...


Sugestão in Blog Revisitar a Educação

Desconhecimento não é desculpa!

Sabias que...


800 milhões de pessoas não têm acesso a comida suficiente para se alimentarem?

1.100 milhões de pessoas sobrevivem com menos de 1 dólar por dia?

1.200 milhões de pessoas não tem acesso à água potável?

10 milhões de crianças não sobrevivem até aos 5 anos por causas que podem ser evitadas?

50 milhões de pessoas em todo o mundo são afectadas com o VIH-SIDA?

10% da população mundial desfruta de 70% das riquezas do planeta...

Não será motivo para parar e pensar como agir?

Desconhecimento não é desculpa!

Não fiques indiferente!









fonte: Pobreza Zero

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Orlando Bloom nomeado embaixador da boa-vontade



O actor britânico de 32 anos tem vindo a dar apoio ao trabalho da Unicef desde 2007, visitando projectos no Nepal, na Rússia e em Sarajevo, na Bósnia-Herzegovina.
Orlando Bloom foi nomeado embaixador da boa-vontade da Unicef.
O actor britânico de 32 anos tem vindo a dar apoio ao trabalho da Unicef desde 2007, visitando projectos no Nepal, na Rússia e em Sarajevo, na Bósnia-Herzegovina, que garantem água potável, ensino e abrigos para crianças. Bloom participou também
numa produção de rádio de uma escola local, montada por crianças de uma das regiões mais pobres no Nepal.
"Estou ansioso por trabalhar com a Unicef, já que ele continua a fazer do mundo um lugar melhor para as crianças", disse o actor em comunicado à imprensa.

ANA MARGARIDA, NOTÍCIAS TV Hoje

domingo, 11 de outubro de 2009

"Serviste hoje?"



A imensa alegria de servir



Toda natureza é um desejo de serviço.
Serve a nuvem, serve o vento, serve o sulco.


Onde houver uma arvore para plantar,planta-a tu;
onde houver um erro para corrigir,corrige-o tu;
onde houver uma tarefa que todos recusem,aceita-a tu.


Sê quem tira a pedra do caminho,
o ódio dos corações
e as dificuldades dos problemas.


Há a alegria de ser sincero
e de ser justo;
há, porém, mais que isso, a imensa alegria de servir.


Como seria triste o mundo
se tudo já estivesse feito,
se não houvesse uma roseira para plantar,
uma iniciativa para lutar!


Não te seduzam as obras as obras fáceis.
É belo fazer tudo
que os outros se recusam a executar.


Não cometas, porém, o erro
de pensar que só tem merecimento executar
as grandes obras;
há pequenos préstimos que são bons serviços:
enfeitar uma mesa,
arrumar uns livros,
pentear uma criança.


Aquele é quem critica,
este é quem destrói,
sê tu quem serve.


O servir não é próprio dos seres inferiores:
Deus, que nos dá fruto e luz,
serve.


Poderia chamar-se:
o Servidor.
e tem seus olhos fixos em nossas mão
se nos pergunta todos os dias:

- Serviste hoje?

Gabriela Mistral, poetisa chilena (1889-1957)

sábado, 10 de outubro de 2009

Não à pena de morte

O Conselho da Europa trabalha há 30 anos para banir a pena de morte na Europa. Nos últimos 10 anos, não existiram execuções nos 47 países membros. Embora a pena de morte esteja a ser legalmente abolida na maior parte destes países, é ainda necessário consolidar esta abolição na Europa e estendê-la a nível mundial. O direito à Vida e a proibição da tortura e tratamento degradante estão no centro da Convenção Europeia dos Direitos Humanos (...). A pena de morte é um tema bastante sensível. Toca aos nossos instintos mais profundos, incluindo ideias de vingança, honra, ódio e medo. Quando ouvimos falar de um crime particularmente cruél ou somos próximos da vítima de um acto brutal, temos naturalmente reacções intensas que podem incluir o desejo de ver o culpado castigado com a morte. Muitas pessoas na Europa sentem ainda que a pena de morte é uma resposta aceitável a actos particularmente bárbaros e, existem alguns países no Mundo, onde a pensa de morte ainda existe. Esta morte legalmente sancionada é tão inumana como os actos que procura punir. As vítimas de crimes necessitam de apoio mas existem vários motivos pelos quais a pena de morte não é consistente com a justiça e nem com outros valores essenciais para as nossas sociedades. Devemos trabalhar para manter a Europa uma zona livre da pena de morte. Não à pena de morte porque: A pena de morte não é dissuasiva contra o crime. Os dados de países que aboliram a pena de morte continuam a provar que não há uma ligação entre esta abolição e as taxas de criminalidade. Um estudo das Nações Unidas, actualizado em 1996, conclui que não há prova de "que as execuções têm um maior efeito dissuasivo do que uma vida na prisão." Os resultados nos EUA, onde a utilização de pena de morte difere de estado para estado, revelam que esta sentença não evita o crime. De acordo com a União Americana de Liberdades Civis, os estados que têm leis de pena de morte não têm taxas de criminalidade mais baixas que os restantes estadados sem as mesmas. O sistema de justiça pode e comete erros. O risco de cometer um erro irreparável e executar uma pessoa inocente é bastante real e ocorre com maior frequência do que se pensa. Desde 1976, mais de 113 pessoas nos EUA foram libertadas do corredor da morte após ter sido provado estarem inocentes. Tal como erros da justiça, pessoas inocentes podem ser executadas de propósito, uma vez que a pena de morte é uma forma infelizmente famosa, em alguns países, de silenciar oponentes políticos. As vítimas são muitas vezes sentenciadas à morte após julgamentos injustos. Os assassinos não devem ser transformados em mártires. A pena de morte pode também conceder o estatuto de mártir a alguns indivíduos e dar crédito a causas políticas e pseudo-religiosas que têm a violência e morte como parte dos seus métodos. Apesar da necessidade de punir de forma apropriada um dos piores criminosos do mundo, a execução de Saddam Hussein não trouxe justiça nem reconciliação ao Iraque. Em vez disso, colocou a inumanidade e brutalidade do seu castigo no topo da agenda dos media internacionais. Os direitos humanos aplicam-se a todos. Pode parecer um paradoxo que alguém que violou ou matou tenha direito a viver enquanto as suas vítimas sofrem de forma tão cruel. Contudo, ao matar pelo Estado, o que de facto a pena de morte representa, não defende também os direitos da vítima. Matar o criminoso é simplesmente outro crime e não pode corrigir um erro passado, aliviar a dor ou dar vida à vítima. Aumenta antes um ciclo de violência e brutalidade. Os abusos dos direitos humanos não devem ser combatidos com outro abuso. Abolir a pena de morte não significa ser mais compreensivo com o crime. As pessoas que o cometem devem ser punidas severamente e aprender que o seu comportamento é inaceitável. O que posso fazer para apoiar a abolição da pena de morte? Infelizmente, a abolição da pena de morte continua a ser um assunto não resolvido. Muitos europeus são a favor da pena de morte e existe ainda a necessidade contínua de explicar porque é errada e deve ser abolida. O seu contributo é essencial. Pode apoiar as políticas e medidas para persuadir outros países fora da Europa, como o Japão, a abolir a pena de morte. Temos de encorajá-los repetidamente a seguiro exemplo de países europeus e de muitos outros, ao dizer sim à justiça e não à crueldade, tortura e morte.


in Blog O Desabrochar de uma Simples Flor

Prémios Nobel 2009

Nobel de Física


O Prémio Nobel da Física 2009 foi entregue a três investigadores: ao sino-britânico Charles K. Kao e aos norte-americanos Willard S. Boyle e George E. Smith.
O sino-britânico Charles K. Kao foi o primeiro investigador a ser distinguido com Prémio Nobel da Física 2009. O vencedor irá receber metade do prémio, devido às suas contribuições no desenvolvimento da fibra óptica.
Os dois norte-americanos, Willard S. Boyle e George E. Smith, foram distinguidos pela invenção do CCD, um sensor utilizado em inúmeras aplicações, desde máquinas fotográficas a telescópios.

Os três cientistas este ano premiados com o Nobel da Química recebem o prémio por terem estudado a sua estrutura, através de um método denominado cristalografia de raios-X, e por terem cartografado cada um dos centenas de milhares de átomos que constituem esta estrutura existente no interior das células.
O ribossoma traduz a informação contida no núcleo da célula, escrita no código do ADN. É traduzida para produzir proteínas, que são os tijolos pelos quais são construídos todos os seres vivos.



"Este ano, o prémio Nobel da Medicina foi atribuído aos três cientistas que descobriram a solução para um grande problema da biologia: como os cromossomas podem ser inteiramente copiados durante a divisão celular e como eles se protegem contra a degradação." Foi desta forma que o comité anunciou que o Prémio Nobel da Medicina 2009 foi entregue a três investigadores norte-americanos: Elizabeth Blackburn, Carol Greider e Jack Szostak. Assim, o galardão visa premiar estes cientistas pelo trabalho sobre a enzima telomerase "que protege os cromossomas do envelhecimento" e "tem implicações na investigação do cancro".


O Prémio Nobel da Literatura foi atribuído à escritora alemã de origem romena Herta Müller, de 56 anos.
A Academia sueca sublinha que Herta Müller consegue, "com a densidade da sua poesia e a franqueza da sua prosa, retratar o universo dos desapossados".
Müller é autora de livros como “O homem é um grande faisão sobre a terra”, editado em Portugal pela Cotovia, e “A terra das ameixas verdes”, publicado a nível nacional
pela Difel.

O Presidente norte-americano Barack Obama venceu o Prémio Nobel da Paz 2009 pelos seus "extraordinários esforços para reforçar a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos", anunciou o Comité Nobel.

Em declarações, o presidente do Comité Nobel norueguês, Thorbjoern Jagland adiantou que o " Comité (Nobel) atribuiu grande importância à visão e aos esforços de Obama no sentido de criar um mundo sem armas nucleares".
in notícias net

domingo, 4 de outubro de 2009

Conversar com os Filhos sobre a Sexualidade



Autor: Cristina Sá Carvalho/FSNEC
Número de páginas: 165
Dimensões: 21x26
Palavras-chave:
Índice geral de temáticas:
1. Porquê educar a Sexualidade dos nossos filhos?
2. Como falar de sexualidade aos nossos filhos?
3. Como vamos educar os nossos filhos para o amor e a sexualidade?
4. Desenvolvimento psicológico e necessidades em educação da sexualidade
5. Reflectir e informar-se para poder explicar
6. Conhecer o nosso corpo: A dimensão biológica da sexualidade
7. Dimensão Psicológica da Sexualidade
8. Lidar bem com as dúvidas e questões que os nossos filhos têm mais frequentemente
9. Uma preocupação: A Sida

"Conversar com os filhos sobre a Sexualidade" é a primeira obra de uma colecção intitulada "Educar ao Longo da Vida".
Da autoria de Cristina Sá Carvalho, psicóloga educacional em colaboração com Mary Anne Stilwell d'Avillez, enfermeira e formadora em Educação Sexual e Planeamento familiar esta obra apresenta-se como um importante contributo para pais e educadores acerca da Sexualidade da pessoa humana.

Onde adquirir?
- Fundação Secretariado Nacional da Educação Cristã
Quinta do Cabeço Porta D
1885-076 Moscavide
Tel. 21 8851285, E-Mail: educacao-crista@sapo.pt
- Está também à venda nas Livrarias diocesanas do País.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Clica na imagem

Clica na imagem
Fotos do Mundo

Testa a tua memória

Faz o teu presépio

Faz a tua árvore

Jogo Poluição das Águas

Jogo Eco-Cidade

Jogo Gesto Inteligente Transportes

Joga connosco e aprende!

Jogo interativo em Espanhol

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Jogo "Ser Pessoa"

Os perigos do tabaco

Os perigos do tabaco
Clica, joga e aprende...

Religiões do mundo

Religiões do mundo
Jogo - Para saber mais