terça-feira, 29 de setembro de 2009

Mafalda apaga hoje 45 velas

Mafalda, a personagem de banda desenhada que o argentino Quino idealizou para um anúncio a electrodomésticos, celebra hoje 45 anos no papel de uma das mais improváveis e divertidas comentadoras políticas da actualidade.

De traços simples, cabelo negro farto e muito opinativa, Mafalda surgiu pela primeira vez a 29 de Setembro de 1964 nas páginas do semanário argentino "Primera Plana".

À primeira vista, Mafalda podia ser uma menina de seis anos, reguila, desafiadora e descarada, mas depressa se percebeu que da sua boca, dos balões que Quino preenchia, saíam comentários mordazes e pertinentes sobre a ordem do mundo, a luta de classes, o capitalismo e o comunismo, mas também, de forma mais subtil, sobre a situação política e social argentina...



Era a Mafalda, a contestatária e insatisfeita, "uma heroína zangada que recusa o mundo tal como ele é", descreveu Umberto Eco em 1969, num prefácio a um dos álbuns que Quino dedicou à personagem.


A par da atitude de adulto mas com o desarmante discurso de uma criança, Mafalda tinha essa mesma condição de menina, que detestava sopa, adorava os Beatles, não compreendia a guerra no Vietname e tinha monólogos preocupados em frente a um globo terrestre.


Para saberes mais sobre esta personagem, clica em:

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Para reflectir: "Solidariedade"

Primeiro levaram os negros.
Mas não me importei com isso.
Eu não era negro.


Em seguida levaram alguns operários.
Mas não me importei com isso.
Eu também não era operário.

Depois prenderam os miseráveis.
Mas não me importei com isso.
Porque eu não sou miserável.

Depois agarraram uns desempregados.
Mas como tenho meu emprego.
Também não me importei.


Agora estão me levando.
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém.
Ninguém se importa comigo.


Bertolt Brecht (1898-1956)

Hoje, infelizmente, também , para tantos, é indiferente o que sucede ao que viaja ao lado, ao vizinho do lado, ao colega do trabalho, ao grupo social que não o seu... Faz a diferença!!!

sábado, 26 de setembro de 2009

Eleições legislativas portuguesas de 2009



As eleições legislativas portuguesas de 2009 serão realizadas hoje, dia 27 de Setembro de 2009.
A data foi definida pelo Presidente da República Portuguesa Aníbal Cavaco Silva a 27 de Julho deste ano.
O governo que sairá eleito em consequência deste acto eleitoral será o XVIII Governo Constitucional de Portugal.

A campanha eleitoral para as legislativas decorreu entre os dias 12 e 25 de Setembro de 2009.


in Wikipédia, a enciclopédia livre.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Outuno chega hoje, tempo frio talvez não

O Outono chega esta terça-feira às 22h19, uma estação que simboliza o reinício do ciclo da vida e o retomar das rotinas.
Com o Outono esperam-se dias mais frios e alguma chuva, no entanto, em consequência das alterações climáticas, esses dias podem ser adiados. As alterações climáticas impõem alterações às estações do ano, apesar do Outono ter início esta terça-feira, não significa que os dias mais frios cheguem já.
O Outono, para além de representar uma retoma das rotinas, está associado às depressões, à melancolia e nostalgia, bem como às gripes.
Para ajudar a combater as gripes, uma dieta rica em legumes e frutas (vitamina C) e sopas é indispensável na estação que agora começa.
De acordo com o último relatório da Agência Europeia do Ambiente, relativo a 2007, citado pela Lusa, a temperatura média global aumentou 0,1 graus centígrados por década nos últimos 100 anos. Os especialistas estão em alerta e preocupados com as alterações climáticas e as implicações que podem ter tanto na fauna como na flora. Os fenómenos climáticos são para muitas espécies o início de uma nova fase do ciclo de vida, todavia, o aquecimento global pode estar a adiar ou atrasar essa fase.

in Fábrica de Conteúdos

Foto publicada por EmergingBirder, in Fotos da natureza

sábado, 19 de setembro de 2009

Estará a gripe A a criar crianças fóbicas e egoístas?

Pediatras defendem as medidas de higiene para evitar pandemia...

Com oito anos, Madalena começou a sentir-se constipada, espirrava e doía-lhe a garganta. À noite, adormeceu a chorar porque não queria morrer com gripe A, conta a mãe Bianca Oliveira."Já lhe tínhamos dito quais os sintomas e ela achava que tinha todos", justifica a mãe, gerente de uma loja, em Lisboa.

António, de dez anos, recusa-se a apertar a mão aos amigos e foge dos que tossem ou espirram, revela a mãe, Alzira Gomes, desempregada, que está preocupada por o filho não querer ir para a escola para não ficar doente.
São muitas as informações e regras que pais e professores estão a dar aos mais pequenos para prevenir a gripe A, mas não estarão, pais e professores, a educar crianças fóbicas e egoístas?
Os psicólogos temem que sim, os pediatras dizem que não haverá tempo para isso porque se trata de uma situação passageira. O importante, concordam todos, é agir com bom senso, em casa e nas escolas, sem desvalorizar que se trata de uma pandemia, independentemente da gravidade com que atinge as pessoas.
Há um "excesso de 'proteccionismo' sobre as crianças e jovens, educamo-las em redomas assépticas e protegemo-las dos riscos de forma fundamentalista", considera José Morgado, professor do Instituto Superior de Psicologia Aplicada e responsável por acções de formação parental. Claro que é importante que as crianças compreendam os riscos da gripe A, salvaguarda.
Mas também são importantes as experiências que o pré-escolar proporciona como a descoberta dos materiais, a partilha ou a cooperação entre os mais pequenos, defende. Tudo coisas que devem, nos próximos tempos, evitar.
"Não me preocupa porque será uma situação passageira de meses", responde Luís Pinheiro, pediatra, que considera que as crianças devem adoptar as medidas previstas para evitar a pandemia. "Até agora, os dados disponíveis mostram que o número de casos é grande mas a gravidade é menor do que a da gripe sazonal", informa Paulo Oom, pediatra, que admite que possa haver algum exagero na forma como se está a lidar com esta doença, "como em tudo o que envolve tragédia ou morte".
Sobre as regras, todos os pediatras estão de acordo: trata-se de medidas básicas de higiene pessoal e social que é bom que sejam adquiridas desde cedo.
Mário Cordeiro, pediatra, cita João de Deus: "Mais vale dar ao aguadeiro o que se dá ao curandeiro." "Paranóia securitária""Uma coisa é ensinar comportamentos saudáveis, outra é ensinar comportamentos para fugir de doenças", avalia Helena Marujo, professora da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, que considera que com estas atitudes se está a "criar uma geração de gente ansiosa, pessimista e desconfiada", não só por causa da gripe A, mas da pedofilia ou dos problemas ambientais, por exemplo.
José Morgado concorda que a "paranóia securitária" não diz respeito apenas à gripe A. "Não pode brincar na relva porque se suja e também por causa das bactérias", exemplifica. "Aprender emoções negativas para lidar com a vida é uma forma importante de sobrevivência, dentro de limites", mas se esses forem ultrapassados, então as crianças crescerão "cheias de pânico, fantasmas inventados e com imagens dramáticas do futuro", diz Helena Marujo, acrescentando que está provado que as crianças medrosas têm o sistema imunitário mais fragilizado.
"Meninos alegres, confiantes, a rir, a brincar, orgulhosos com eles e com a vida, gratos com o que são e o que têm, curiosos para aprender, são saudáveis, mais criativos para enfrentar problemas e vivem mais", declara.
Por isso, pais e professores devem ensinar os cuidados contra o vírus H1N1 com "a naturalidade de quem ensina a lavar os dentes", recomenda.
Mário Cordeiro admite que, por vezes, a interpretação das regras é feita de modo "desinformado, sensacionalista, levantando fantasmas, o que leva à perda de bom senso e até a situações ridículas". Paulo Oom concorda: "Não partilhar brinquedos parece-me um exagero. Podem optar por retirar temporariamente os brinquedos, mas, se estiverem presentes, as crianças devem partilhá-los." "Os miúdos devem poder continuar a ser crianças. Os adultos é que têm de as ensinar e manter os brinquedos limpos", acrescenta Mário Cordeiro. O problema, adverte Luís Pinheiro, é que ainda se desconhece como vai ser a segunda fase desta gripe.
in Público, 19.09.2009, Bárbara Wong

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Novos manuais para o ano lectivo 2009/2010



Os manuais do 2º e 8º ano do Ensino Básico serão distribuídos às Livrarias entre os próximos dias 15 e 20 de Setembro.

O manual do 6º ano do Ensino Básico tem previsão de distribuição às Livrarias Diocesanas a partir do dia 30 de Setembro.

No Ensino Secundário o 2º bloco de temas já está em distribuição desde o dia 1 de Setembro.

SNEC

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

O Nuno escapa à gripe‏ A - PNL e DGS

O Plano Nacional de Leitura e a Direcção Geral de Saúde
publicam uma história educativa e útil sobre um assunto actual, a gripe A!

Clica abaixo para a leres:


http://e-livros.clube-de-leituras.pt/elivro.php?id=onunoescapaagripea

in Biblioteca de livros digitais

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Plano de Paz

Com as negociações numa nova fase e um novo plano de diálogo a ser preparado, o jornalista João Francisco Guerreiro percorre os caminhos do Médio Oriente à procura de pistas de um entendimento Israelo-Palestiniano.

Pelo caminho, cruza-se com as marcas de um conflito, com mais de 5000 mil mortos de ambos os lados, só nos últimos 10 anos.

"Plano de Paz" é uma reportagem de João Francisco Guerreiro, com montagem e sonorização de Herlander Rui, que vale a pena ver...


in tsf.pt

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Alimentação Escolar - um contributo da nutricionista Paula Veloso

Neste início de ano lectivo, Paula Veloso ajuda a reflectir e orientar as opções alimentares e os cuidados que tanto escolas como pais e encarregados de educação têm de ter.

Fotografia tirada daqui


"Cada vez mais preocupada com a situação, aqui deixo algumas sugestões como um pequeno contributo para ajudar a travar este flagelo crescente que é a obesidade infantil:


- Insista na necessidade de tomar o pequeno-almoço que inclua lacticínios, pão, cereais ou equivalente e, se possível, fruta. Omitir o pequeno-almoço aumenta o desejo de alimentos mais calóricos durante o dia bem como impede a ingestão recomendada dos nutrientes indispensáveis.


- Se a criança não tem fome logo ao acordar - muitas vezes é a pressão da saída e não falta de fome - obrigue-a a levar pão com queijo ou fiambre ou bolachas sem açúcar, uma banana, um queijinho, um pacote de leite, um iogurte líquido ou um sumo de 100% fruta, para comer durante o trajecto para a escola.


- Como merenda da manhã, algo semelhante ou 20-30g de frutos secos (nozes, avelãs, amendoins, etc.), um iogurte ou um pacotinho de leite.


- As refeições "principais", almoço e jantar, deverão iniciar-se com um prato de sopa de legumes e incluir fruta, sobretudo se não a comem entre elas. Quando a criança tem muito apetite ou não gosta de fruta, dê-lha a seguir à sopa, antes do prato principal ou como acompanhamento do mesmo.


- O lanche deverá ser semelhante ao pequeno-almoço e o segundo lanche, sempre que o intervalo entre o primeiro e o jantar for superior a quatro horas, um pouco mais pequeno como um iogurte com meia peça de fruta ou 3 colheres de cereais, por exemplo.


- A água é a bebida que devem encontrar no frigorífico na generalidade dos dias. O leite também, mas só deve ser consumido nas refeições referidas e nunca como água, para matar a sede.


- Não proíba nenhum alimento. Ofereça os que sabe serem menos saudáveis apenas ao fim-de-semana, com parcimónia.


- Incentive a prática de exercício físico (jogar a bola, andar de skate ou patins, saltar a corda, nadar, dançar, etc., etc.) pelo menos trinta minutos por dia.


- E não se esqueça que, quer as compras quer as refeições à mesa ou fora dela, quer a actividade física, dependem sobretudo dos pais e do seu exemplo!".



A história:
O regresso à alimentação em tempo de aulas - Educare


Para saber mais:
Horta nas escolas enriquece alimentação escolar - Blog Camaquã - RS


in http://www.profblog.org/ , 04/09/09

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Clica na imagem

Clica na imagem
Fotos do Mundo

Testa a tua memória

Faz o teu presépio

Faz a tua árvore

Jogo Poluição das Águas

Jogo Eco-Cidade

Jogo Gesto Inteligente Transportes

Joga connosco e aprende!

Jogo interativo em Espanhol

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Jogo "Ser Pessoa"

Os perigos do tabaco

Os perigos do tabaco
Clica, joga e aprende...

Religiões do mundo

Religiões do mundo
Jogo - Para saber mais