segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Alfabeto do amigo (2)


Amigo é aquele que te
Beija com
Carinho e que
Deseja com
Entusiasmo a tua
Felicidade, e te
Garante fidelidade.
Humilde é o amigo que
Independentemente de qualquer coisa
Joga tudo "fora" por ti e
Larga o que quer que seja
Material ou desnecessário,
Naturalmente para cumprir a sua
Obrigação, que é
Proteger quem o protege, e
Querer bem a quem lhe quer bem.
Respeitar o seu
Silêncio calado,
Transformando a sua vida numa
Única motivação para
Viver.
"Xeretando", se for preciso, e
Zangando-se, quando necessário.

Autor desconhecido

Alfabeto do amigo


terça-feira, 23 de outubro de 2012

Peditório da AMI arranca no próximo dia 25


Pelo 19º ano consecutivo, a AMI apela à solidariedade dos portugueses através do Peditório Anual de Rua. A iniciativa insere-se na “Missão de Emergência Nacional” e arranca já na próxima Quinta-feira, dia 25, terminando no Domingo, dia 28, envolvendo centenas de voluntários em todo o país, inclusive no nosso Agrupamento.


O peditório surge este ano num contexto de particular necessidade, tendo em conta, por um lado, o aumento sem precedentes dos pedidos de ajuda e, por outro, a descida significativa dos donativos.

Durante 2012 e até ao passado mês de Setembro, os serviços sociais da AMI apoiaram em Portugal mais de 13 mil pessoas, o valor mais elevado de sempre.

Neste ambiente de crise e de crescentes dificuldades, a AMI dedica especial atenção ao combate à pobreza e exclusão social em Portugal, tendo para isso lançado a “Missão de Emergência Nacional” que tem como principal objectivo, alertar consciências e desenvolver iniciativas centradas na acção social da AMI em Portugal.

O Peditório da AMI é uma acção de rua e não porta a porta, pelo que os donativos deverão apenas ser entregues a voluntários devidamente identificados e credenciados pela AMI, que abordem as pessoas em locais públicos.

Departamento de Informação e Comunicação
22 de Outubro de 2012


Fala com a tua professora de EMRC e requisita um cofre para seres voluntário(a)!!!

10 Razões para visitar Portugal



in youtube

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Algumas notas sobre a pobreza...


.: A Pobreza
Consideram-se pobres todas as pessoas que vivem abaixo do nível médio de vida, que não têm trabalho, ou mesmo que o tenham – que ganham pouco, que vivem em casas construídas por lata, cartões, plásticos, lonas, qualquer coisa, que não têm saneamento básico, que têm falta de higiene, que estão vulneráveis a doenças. “São pessoas que não vão à escola por falta de dinheiro ou por se sentirem inferiores perante os outros”. A pobreza extrema engloba pessoas que vão à procura de alimentos aos contentores e caixotes do lixo. São pessoas sem rumo no qual o seu objectivo é sobreviver no dia a dia.
.:A pobreza de hoje
A pobreza e a exclusão social andam de mãos dadas, e não está a diminuir, antes pelo contrário, em muitos países aumentou e acentuou-se, afectando toda a Humanidade. Não podemos, nem devemos fechar os olhos perante uma situação em que tantos milhões de pessoas vivem em extrema precariedade, e se encontram à margem dos circuitos de consumo e de produção, que não têm um trabalho decente e não podem participar na vida económica, social, política e cultural das suas próprias comunidade.
A nível mundial, calcula-se que 815 milhões (8,15×108) de pessoas, em todo o mundo sejam vítimas de subnutrição, sendo a maior parte das quais, mulheres e crianças dos países em vias de desenvolvimento.
Estatísticas efectuadas provam que o flagelo da fome atinge 777 milhões (7,77×108) de pessoas nos países em desenvolvimento, 27 milhões (2,7×107) nos países em transição (na ex-União Soviética) e 11 milhões (1,1×107) nos países desenvolvidos.
A situação de pobreza e/ou de más condições de habitação podem moldar e agravar o comportamento de uma família, a ponto de provocar rupturas relacionais, que em condições normais não existiriam.


.:Causas da Pobreza
.: Existe um número de fatores que ligados entre si e contribuem para a situação:
- Factores político-sociais: corrupção; inexistência ou mau funcionamento de um sistema democrático; fraca igualdade de oportunidades.
- Factores económicos: exploração dos pobres pelos ricos; sistema fiscal inadequado, representando um peso excessivo sobre a economia ou sendo socialmente injusto; a própria pobreza, que prejudica o investimento e o desenvolvimento, economia dependente de um único produto.
- Factores sócio-culturais: reduzida instrução; discriminação social relativamente ao género ou à raça; valores predominantes na sociedade; exclusão social; crescimento muito rápido da população.
- Factores naturais: desastres naturais, climas ou relevos extremos; doenças.
- Problemas de Saúde: adição a drogas ou álcool; doenças mentais; doenças da pobreza como a SIDA e a malária; deficiências físicas.
- Factores históricos: colonialismo; passado de autoritarismo político.
- Insegurança: guerra; genocídio; crime.
.: Conclusão
.: Muitas das consequências da pobreza são também causas da mesma, criando o ciclo da pobreza. Algumas delas são:
- Fome
- Analfabetismo
- Baixa esperança de vida
- Doenças
- Elevada criminalidade
- Falta de oportunidades de emprego
- Carência de água potável e de saneamento
- Maiores riscos de instabilidade política e violência
- Emigração
- Existência de discriminação social contra grupos vulneráveis
- Existência de pessoas sem-abrigo
- Tráfico de pessoas
- Prostituição
- Adição a drogas e álcool
- Depressão
Não existe uma fórmula, nem uma solução a curto ou a médio prazo. A pobreza é um problema complexo e multidimensional, com origem ao mesmo tempo na área nacional e na área internacional. É necessário definir estratégias para a solução deste problema, através do desenvolvimento de programas que tenham em conta as características específicas de cada país. É necessário, também, que exista uma maior colaboração entre todos, ou seja, uma colaboração a nível internacional para que a erradicação da pobreza e da fome sejam uma realidade. Maior igualdade na distribuição das riquezas e desenvolvimento de recursos humanos. O combate à pobreza é uma responsabilidade conjunta de todos os países, tanto do seus governos como com a necessária contribuição de todos os cidadãos!
in A POBREZA EM PORTUGAL   Novembro 7, 2008 por projectosemnome

Dia Mundial de Erradicação da Pobreza assinala-se a 17 outubro

Assinala-se a 17 de outubro o Dia Mundial de Erradicação da Pobreza, um dia instituído há 19 anos pelas Nações Unidas. 
O tema oficial para este ano é “Acabar com a Violência da Pobreza Extrema: Promover a capacitação e Construir a paz”, dando o mote para um evento que será realizado nesse dia na sede das Nações Unidas.
Relembre-se que 2010 foi o Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social, findo o qual a Comissão Europeia definiu uma meta para reduzir a pobreza e a exclusão social em 20 milhões de pessoas em 2020. Para ajudar os Estados-Membro a agirem neste sentido, criou uma “Plataforma Europeia Contra a Pobreza e a Exclusão Social”. 
Recorde-se que de acordo com dados de 2008, existiam 85 milhões de pessoas em risco de pobreza na União Europeia, uma situação que se teme tenha vindo a agudizar-se tendo em conta o atual contexto de crise na maioria dos países europeus e as medidas de austeridade que muitos destes países têm vindo a implementar.
Em Portugal, um conjunto de entidades – AMI, a Amnistia Internacional, a ANIMAR, a EAPN Portugal/Núcleo Distrital de Lisboa, a Fundação Aragão Pinto e a Junta de Freguesia de Santos-o-Velho – lançou em 2009 a iniciativa “Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social”, que este ano volta a realizar-se na semana em que se assinala este Dia Mundial de Erradicação da Pobreza. 
A iniciativa decorre entre 15 e 19 de outubro de 2012 e convida todas as entidades interessadas a associarem-se, promovendo atividades de mobilização e de sensibilização à luta contra a pobreza e exclusão social. A organização pretende que a iniciativa mantenha a sua expressão nacional e aumente para o nível europeu. 
Em 2011, estiveram envolvidas 65 entidades públicas e privadas, que dinamizaram um conjunto de 114 iniciativas por todo o país. Um dos objetivo desta iniciativa é mobilizar a sociedade portuguesa, sensibilizando-a para a compreensão dos fenómenos da pobreza e exclusão social enquanto violações de Direitos Humanos.
Para assinalar o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza, a EAPN Portugal também realiza o 4º Fórum – Pessoas em Situação de Pobreza e/ou Exclusão Social, que se realiza nos dias 16 e 17 de outubro, no Hotel Imperial, em Aveiro.

domingo, 14 de outubro de 2012

Prémios Nobel 2012


Nobel da Medicina 

O prémio Nobel da Medicina 2012 foi  atribuído conjuntamente a John B. Gurdon e Shinya Yamanaka "pela descoberta de que as células maduras podem ser reprogramadas para se tornarem pluripotentes".

John B. Gurdon, nascido em 1933 no Reino Unido, descobriu, em 1962, que  a especialização das células é reversível. Shinya Yamanaka, que nasceu no Japão em 1962, descobriu mais de 40 anos  depois, em 2006, como células maduras intactas em ratos podem ser reprogramadas  para se tornarem células estaminais. 
Nobel da Física
O prémio Nobel da Física 2012 foi atribuído ao francês Serge Haroche e ao norte-americano David Wineland “por métodos experimentais inovadores que permitem medir e manipular sistemas quânticos individuais”.
«Talvez o computador quântico mude o nosso dia a dia neste século, como o computador clássico fez no século passado», admitiu a Real Academia Sueca das Ciências.
A investigação também levou à construção de relógios extremamente precisos que poderão ser a base de uma nova medição do tempo com 100 vezes mais precisão do que os atuais relógios atómicos de césio, adianta o comunicado.
O francês Serge Haroche nasceu em 1944 em Casablanca, Marrocos, doutorou-se em 1971 na Universidade Pierre et Marie Curie, em Paris, e atualmente é professor no Collège de France e na Ecole Normale Supérieure, em Paris.
O norte-americano David J. Wineland nasceu em 1944 em Milwaukee, EUA, doutorou-se em 1970 pela Universidade de Harvard e atualmente trabalha no National Institute of Standards and Technology (NIST) e na Universidade de Colorado Boulder, EU

Nobel da Química

Os cientistas norte-americanos Robert Lefkowitz e Brian Kobilka são os laureados com o Prémio Nobel da Química 2012, pelos "estudos sobre os recetores acoplados à proteína G".

Robert J. Lefkowitz nasceu em Nova Iorque em 1943, licenciou-se em medicina  em 1966 na Universidade de Columbia e é hoje investigador do Howard Hughes  Medical Institute e professor de medicina e de bioquímica no Duke University  Medical Centern nos EUA. 
Brian K. Kobilka nasceu em 1955 em Little Falls, EUA, licenciou-se em  medicina em 1981 pela Universidade de Yale e é hoje professor de medicina  e de Fisiologia molecular e celular na Universidade de Stanford. 
Nobel da Literatura
Mo Yan, pseudónimo literário de Guan Moye, nascido em 1955, é um dos  escritores chineses contemporâneos mais publicados fora da China, nomeadamente  no Japão, França, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos.  Os romances do Nobel da Literatura 2012 estão enraizados na China rural,  onde nasceu, mas revelam também influências do "realismo mágico" e outras  correntes ocidentais, segundo críticos e tradutores. Em declarações à agência noticiosa Nova China, o autor laureado confessou  que, assim que recebeu a notícia do galardão, ficou "muito feliz".  "Vou concentrar-me na criação de novas obras. Quero aplicar-me mais  para agradecer a todos", acrescentou. No entanto, Mo Yan disse que ganhar o Nobel da Literatura "não significa  tudo". "Penso que a China tem numerosos autores muito dotados. A sua produção  brilhante merece igualmente ser reconhecida pelo mundo", apelou. As reações ao prémio foram de grande felicidade no seio da população  chinesa, para quem Mo Yan é um autor bem conhecido, habituado a escrever  "best-sellers". Em Portugal, a única obra de Mo Yan no mercado livreiro foi publicada  em 2007, e intitula-se "Peito grande, ancas largas", traduzida por João  Martins e editada pela Ulisseia. 
Nobel da Paz
O prémio Nobel da Paz 2012 foi atribuído à União Europeia (UE) pelo seu contributo para a paz e a reconciliação, a democracia e os direitos humanos. «A união e os seus precursores têm contribuído, há mais de seis décadas, para o avanço da paz e da reconciliação, da democracia e dos direitos humanos na Europa», escreve o Comité Nobel norueguês no comunicado em que anuncia o prémio. Os esforços de paz que ao longo dos anos foram feitos na União Europeia são a principal razão para a distinção: «O terrível sofrimento da Segunda Guerra Mundial demonstrou a necessidade de uma nova Europa. "Durante um período de 70 anos, a Alemanha e a França lutaram três guerras. Hoje, a guerra entre a Alemanha e a França é impensável", diz o comunicado. "Isto demonstra como, através de esforços bem direcionados para a construção de confiança mútua, os inimigos históricos podem tornar-se parceiros próximos". O comité recordou que a UE passa atualmente por "graves dificuldades económicas e agitação social considerável", mas preferiu focar-se naquilo que considera o "mais importante resultado" da união: "O papel estabilizador da UE ajudou a transformar a maior parte da Europa de um continente de guerra num continente de paz". 
in notícias internet

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Origem do Universo


El Big Bang, El Universo y La Teoría de la Gravitación, explicados de manera muy Básica a niños. 

TEXTO EM PORTUGUÊS:
      Os astrónomos acreditam que o universo começou com uma grande explosão chamada Big Bang, há 15.000 milhões anos. Isso é tão longo que é difícil imaginar. Desde então, o universo está em constante expansão. Diferentes culturas e religiões têm descrito com grande beleza e poesia deste extraordinário evento. 

Na forma simples, o universo é feito de matéria e espaço. A questão está na forma de planetas, luas, estrelas, asteróides, cometas e meteoros. Todos esses corpos giram em torno do universo graças à mesma força que o impede de flutuar no ar, mantém você em pé no chão ou sentado em sua cadeira . 

Um dia, um astrónomo chamado Isaac Newton estava estudando debaixo de uma árvore quando uma maçã caindo acertá-lo apenas na cabeça. Newton percebeu que a menina tinha sido atraído pela Terra, da mesma forma que atrai a Lua. Ele chamou essa força, a gravidade. Felizmente foi uma maçã e não um coco, que teria sido realmente a gravidade. Tempo, há muito tempo, o sol estava no meio de uma nuvem gigante, precursor da Terra e os outros planetas. 

O Sol girava em torno de si mais e mais rápido, reunindo todo o gás que em grandes bolas que, finalmente, resfriados, porque eles eram tão quente antes, formando os planetas. Assim nasceu a Terra, muito tempo atrás, junto com os outros planetas do sistema solar. Cada um deles começou a circular em torno do Sol assim como outros pequenos corpos, sabendo hoje como: satélites. A Terra, por exemplo, tem a lua. Como era uma nuvem muito grande, ele deixou algo de material após os planetas nasceram e assim parece que os cometas, asteróides e muitos outros objetos que se movem no sistema solar.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Clica na imagem

Clica na imagem
Fotos do Mundo

Testa a tua memória

Faz o teu presépio

Faz a tua árvore

Jogo Poluição das Águas

Jogo Eco-Cidade

Jogo Gesto Inteligente Transportes

Joga connosco e aprende!

Jogo interativo em Espanhol

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Jogo "Ser Pessoa"

Os perigos do tabaco

Os perigos do tabaco
Clica, joga e aprende...

Religiões do mundo

Religiões do mundo
Jogo - Para saber mais