sábado, 28 de março de 2015

Domingo de Ramos

O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa. 
Neste dia, relembramos e celebramos a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém, poucos dias antes de sofrer a Paixão, Morte e Ressurreição.
Domingo de Ramos é chamado assim, porque o povo cortou ramos de árvores, ramagens e folhas de palmeiras para cobrir o chão onde Jesus Cristo passava montado num jumento.
Com folhas de palmeiras nas mãos, o povo aclamava: “Rei dos Judeus”, “Hosana ao Filho de David”, “Salve o Messias”… 
E assim, Jesus entra triunfante, em Jerusalém, despertando, nos sacerdotes e mestres da lei, alguma desconfiança e medo de perder o poder...

A História da Páscoa

"As Mais Belas Histórias da Bíblia Para Crianças" são desenhos educativos e envolventes que ensinam, tanto às crianças como aos adultos, as belas histórias que estão contidas na Palavra de Deus, a Bíblia. 


1. A História da Criação    Aqui

2. A Arca de Noé    Aqui

3. José e Seus Irmãos   Aqui

4. A História de Moisés   Aqui

5. Josué e a Batalha de Jericó   Aqui

6. David e Golias   Aqui

7. Daniel na Cova dos Leões   Aqui

8. Jonas e a Baleia    Aqui

9. O Nascimento de Jesus    Aqui

10. Jesus e Seus Milagres    Aqui

11. O Bom Samaritano   Aqui

12. A História da Páscoa   Aqui

13. O Filho Pródigo    Aqui
A coleção que ora disponibilizo é fruto de conversão de fitas VHS para o formato digital, realizada por mim e por outros usuários do Youtube. jocabilis

domingo, 22 de março de 2015

Decálogo dos símbolos da Quaresma

1. A Quaresma é deserto. É solidão, jejum, austeridade, rigor, esforço, penitência, perigo, tentação.


2. A Quaresma é perdão. As histórias bíblicas de Jonas e de Nínive e a parábola do filho pródigo são alguns dos exemplos.

3. A Quaresma é encontro, é abraço de reconciliação como na parábola do filho pródigo ou na conversão de Zaqueu ou no diálogo de Jesus Cristo com a mulher adúltera.

4. A Quaresma é luz, como vemos na narração da cura do cego de nascença. É a passagem das trevas à luz. Jesus Cristo é a luz do mundo.

5. A Quaresma é saúde, símbolo manifestado em textos como a cura do paralítico ou do filho do criado do centurião.

6. A Quaresma é água. É a passagem da sede da nossa insatisfação à água viva, a água de Moisés para o povo de Israel no deserto ou de Jesus à mulher samaritana.

7. A Quaresma é a capacidade de ultrapassar e vencer todas as provações e dificuldades. É libertação, triunfo. Algumas personagens bíblicas sofrem graves perigos e vencem dificuldades como José, filho de Jacob, a casta Susana, Ester, o profeta Jeremias e, sobretudo, Jesus, tentado e transfigurado.

8. A Quaresma é cruz. Sinal e presença permanente durante todo este tempo. Prefigurada no Antigo Testamento e salientada com o exemplo de Jesus Cristo e com o seu convite a carregar com a cruz da vida como condição para ser seu discípulo.

9. A Quaresma é transfiguração. É a luz definitiva do caminho quaresmal, anunciada já na transfiguração de Jesus. “Pela cruz à luz”.

10. A Quaresma é o esforço por retirar o fermento velho e usar a LEVEDURA NOVA DA PÁSCOA RESSUSCITADA E RESSUSCITADORA, agora e sempre.

Origem dos ovos de Páscoa


Um dia, numa capoeira, estavam duas galinhas chamadas Pascoínha e Pascoela.
A certa altura, o dono das duas galinhas trouxe um sacalhão de açúcar para elas comerem.

Quando se aproximaram da comida deixada, a Pascoínha e a Pascoela caíram dentro do saco. Depois, mais tarde, quando o dono as tirou daquela porcaria, as duas disseram:

-Blarck! mas que porcaria; estamos todas brancas! - E a Pascoínha perguntou:

-Engoli imenso açúcar e tu?
-Eu também. Temos de cacarejar ao nosso dono para nos dar outra dieta! - Disse a Pascoela.
Então lá foram elas dizer (cacarejar) ao dono a historieta da nova dieta.
O homem demorou muito, muito tempo, a perceber o que elas lhe estavam a tentar comunicar, mas lá conseguiu e concordou.
No dia seguinte, o homem trouxe-lhes como nova dieta chocolate e elas voltaram a cair no erro e tornaram a dizer:
-Que nojo, desta vez estamos todas castanhas e pegajosas! E a Pascoínha disse de novo:
- Engoli metade do chocolate e tu?
- Também eu! - disse a Pascoela!
Assim, com tanto açúcar e chocolate,  nasceram os ovos de Páscoa!

Texto (adaptado) e desenho de Rodrigo Pinto, 9 anos. Daqui

sábado, 21 de março de 2015

Dia Mundial da Poesia


Liberdade

Ai que prazer
Não cumprir um dever,
Ter um livro para ler
E não fazer!
Ler é maçada,
Estudar é nada.
Sol doira
Sem literatura
O rio corre, bem ou mal,
Sem edição original.
E a brisa, essa,
De tão naturalmente matinal,
Como o tempo não tem pressa...

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto é melhor, quanto há bruma,
Esperar por D.Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,

Flores, música, o luar, e o sol, que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

Mais que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças
Nem consta que tivesse biblioteca...

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro
"

sexta-feira, 20 de março de 2015

Dia Internacional da Felicidade - 11 dicas

Comemora-se hoje, dia 20 de março, o Dia Internacional da Felicidade, uma efeméride criada pela Assembleia Geral das Nações Unidas a 28 de Junho de 2012. 

Lê os 11 conselhos de Carl Phillips, autor do livro '22 Ways to Simpler Livin', para o ajudar a ter um dia mais feliz.

Tem Calma
Se está sempre a correr de um lado para o outro, sem tempo para nada, mas ao mesmo tempo com a necessidade de fazer tudo, tem obrigatoriamente que parar uns minutos. Apesar do seu esforço, não é possível manter o ritmo e dar o seu melhor ao mesmo tempo. É necessário aprender a ‘tirar o pé do acelerador’ e a fazer uma pausa. Este intervalo na sua rotina pode fazer com que faça mais coisas (e melhor) durante o dia.
Esquece as pequenas coisas
Se não consegue fazer tudo, porquê continuar a insistir? A Lei de Pareto, também conhecida como 80/20, afirma que para muitos fenómenos, 80% dos resultados advêm de 20% dos nossos esforços. Se nos focarmos naqueles 20% que realmente importam (os que produzem resultados), temos uma maior probabilidade de alcançar mais objectivos.
Opta por uma vida simples
“Quando adoptamos um estilo de vida mais simples, acabamos por precisar de menos e querer menos. Focamo-nos apenas no importante e deixamos que os outros se preocupem com o que não é essencial”, escreve Carl Phillips no site Huffington Post.
Deixa os ‘multitasking’ para os outros
Na sociedade de hoje, a capacidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo é algo muito valorizado pelas entidades empregadoras. No entanto, o que acontece na maior parte das vezes é que ou algo não fica tão bem quanto poderia ficar se nos focássemos só nela, ou começamos várias coisas ao mesmo tempo e algumas ficam pelo caminho…
O melhor é esquecer o ‘multitasking’ (pelo menos nas alturas em que esta capacidade não é de todo necessária, como nas questões da casa ou da família). Foque-se apenas numa tarefa de cada vez - vai ver que esta ficará bem feita e o sentimento de realização será muito maior do que se não tivesse dado 100% de si.
Aprende a dizer ‘Não’
Diga ‘sim’ a todos os convites que realmente lhe interessam e aos pedidos que se sente confortável e apta a realizar. Aprenda a dizer ‘Não, obrigada’ aos restantes. Não se sinta na obrigação de fazer tudo, mesmo que as solicitações venham daqueles que mais gosta. Lá está, se estas não acrescentarem nada ao seu bem-estar (físico ou psicológico), diga apenas as duas palavras mágicas e não se sinta mal por isso – aprenda a proteger-se mais e a guardar um espaço para dizer ‘não’.
Arranja tempo
“’Eu não tenho tempo’ é uma das frases mais usadas na nossa sociedade”, explica o autor norte-americano. “Temos que arranjar tempo para as nossas prioridades e para as pessoas que são realmente importantes na nossa vida”, acrescenta.
'Desconecta-te'
A maior parte dos portugueses tem um telemóvel ou um computador. O tempo que grande parte da população passa ligada a redes sociais, à conta de e-mail ou à caixa de mensagens é assustador. “Habilitamo-nos a que a vida passe por nós enquanto continuamos a teclar. Por muito fantástica e poderosa que a tecnologia seja, precisamos de disciplinar os nossos horários e aprender a desconectar”, escreve Carl Phillips.
Dedica-te àqueles que amas
Tente passar a maior parte do seu tempo rodeada por pessoas que são importantes para si, que a inspiram ou que partilham das suas visões e ambições. Isso fará com que o positivismo e o divertimento sejam uma constante na sua vida.
Limita o pessimismo
Reduza as vozes negativas que a rodeiam. Uma maneira de o fazer é aproximar-se daqueles que sabe que gostam de si e evitar os ‘derrotistas’. Se for impossível livrar-se deles (às vezes são os nossos próprios chefes ou os nossos pais…), tente relativizar tudo aquilo que lhe estão a dizer e não se deixe influenciar por essas visões do mundo.
Come de uma forma saudável e mexe-te
O seu corpo precisa de nutrientes e de uma alimentação saudável para funcionar como deve ser. Caso contrário, terá uma maior probabilidade de sentir um mal-estar e uma fadiga constante. Para além disso, faça exercício físico – um corpo saudável ajuda a manter uma mente sã.
Retribui
As concretizações que normalmente nos deixam mais felizes e orgulhosas envolvem dar algo ou ajudar alguém. Faça da retribuição um acto rotineiro – ver os outros felizes (e saber que ajudámos a que tal acontecesse) melhora logo o nosso estado de espírito e, como consequência, o nosso dia.

in SOL (adaptado)

Dia Internacional da Felicidade


O Dia Internacional da Felicidade é assinalado hoje. A data, 20 de Março, foi definida em resolução da Assembleia Geral aprovada no ano passado, reconhecendo a relevância da felicidade e do bem-estar como objetivos universais.
Ban Ki-moon lembrou que, em todo o mundo, as pessoas aspiram viver uma vida feliz e plena, livre de medos e em harmonia com a natureza. Numa mensagem sobre o dia, o Secretário-Geral da ONU destacou que a «busca pela felicidade é um elemento essencial do esforço humano».
O mestre em Psicologia pela Universidade de São Paulo e autor de uma pesquisa sobre a felicidade concorda: todos buscam esse estado de espírito.
Em entrevista à Rádio ONU, Luciano Espósito Sewaybricker explica que não existe um segredo para a felicidade, mas é preciso a pessoa conhecer-se muito bem.
«Cabe a cada um descobrir a forma ideal de viver e que faz sentido para si. Acredito que o autoconhecimento é fundamental e é ele que vai garantir que a felicidade não seja tão banalizada, no sentido dos outros poderem dizer o que é felicidade para si. Porque então compra a felicidade em pacotes prontos e pré-programados. Entendo que a felicidade depende dessa introspecção, desse autoconhecimento, mas, ao mesmo tempo, de se estar aberto para se relacionar com outras pessoas», salientou.
O psicólogo sublinha que o conceito mudou ao longo do tempo.
«Atualmente, ser feliz tornou-se um peso. ´Temos` que ser feliz. E quanto mais as pessoas querem ter a felicidade, mais elas se vão sujeitar a uma felicidade simplista. E esse movimento é potencializado face ao contexto em que vivemos, de uma sociedade que se organiza em torno do consumo».
O bem-estar material é também citado pelo Secretário-Geral da ONU. Ban Ki-moon notou ser uma meta «difícil de ser alcançada pelas pessoas que vivem na pobreza extrema» e por aqueles que enfrentam as ameaças das crises socio-económicas.
Ban defendeu um maior compromisso com o desenvolvimento humano inclusivo e sustentável. Quando «contribuímos para o bem estar comum, ficamos enriquecidos» e a «compaixão promove a felicidade e irá ajudar na construção do futuro que queremos», frisou.


A Rádio ONU está a perguntar no Facebook: «O que te faz feliz?». Entre os ideais de felicidade citados pelos ouvintes estão a família, saúde, bons amigos, esperança e a própria vida.
in Diário Digital

quinta-feira, 12 de março de 2015

Visita de Estudo: "Templos Abraâmicos" e Templo Hindu "Radha-Krishna"

Templos Abraâmicos (Mesquita, Igreja, Sinagoga)
Templo Hindu "Radha-Krishna"









 

LISBOA
12-03-15

7ºs anos

segunda-feira, 9 de março de 2015

Barbie dá volta ao mundo em 56 anos

 A Barbie é uma boneca com roupas e acessórios, desenvolvida pela Mattel, Inc. e lançada no dia 9 de Março de 1959. A ideia da criação da boneca partiu de Ruth Handler (1916-2002), uma mulher de negócios norte-americana, que se inspirou numa boneca alemã chamada Bild Lilli.
Criada, pois, em 1959, tornou-se na boneca mais vendida do mundo. 
Hoje, com 55 anos, já não é apenas a boneca loira, de olhos azuis, com traços tipicamente caucasianos. 
Fez o check-in nos Estados Unidos e partiu para a aventura. 
Foi-se adaptando às várias etnias e às culturas dos vários países para onde viajou, sofrendo algumas alterações a nível físico, na forma de se vestir e nos acessórios que adotou. 
A Barbie tem sido, assim, reinventada ao longo dos anos, de modo a acompanhar as novas tendências. E o multiculturalismo é uma delas.
 Hoje em dia, existem várias Barbies adaptadas às diversas etnias e culturas (AP Photo/Marty Lederhandler)
 (Reuters)
 Bonecas Barbie com roupas tradicionais dos países-membros da União Europeia (Reuters/Mihai Barbu)
 Bonecas Barbie vestidas com o traje típico de Sevilha, Espanha (Reuters/Jon Nazca)
 Barbie e Ken com trajes típicos da região dos Alpes (Reuters/Michaela Rehle)
 Barbie vestida com trajes típicos da região da Bavária, Alemanha (Reuters/Alexandra Winkler)
 Bonecas da Barbie com trajes africanos (Reuters/Antonio Bronic)
 A Barbie Imperatriz da China, da Coleção Great Eras, é uma das várias bonecas que representam o mundo oriental (Reuters)
Bonecas Barbie vestidas com as cores típicas do México (AP Photo/Gregory Bull)

Na verdade, esta boneca tem sido uma parte importante do mercado de brinquedos desde há cerca de 55 anos e objeto de controvérsias e processos em tribunal, frequentemente envolvendo a Barbie e o seu estilo de vida. O Irão, por exemplo, proibiu a sua comercialização.

Outras curiosidades sobre a Barbie:  Aqui
Fonte: SAPO Saber, a enciclopédia portuguesa livre e SicNotícias.

quarta-feira, 4 de março de 2015

terça-feira, 3 de março de 2015

Vídeo que promove a essência de estudar em Coimbra

Este vídeo resultou de um trabalho realizado por dois alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra no âmbito de um concurso do Turismo de Portugal, onde conseguiram o primeiro lugar. 
Através da história de um estudante, conseguem relatar um pouco do que de melhor Coimbra tem para oferecer aos seus estudantes.
Da responsabilidade de Paulo Paulino e Vicente Beirão, este vídeo é uma boa homenagem ao aniversário da Universidade de Coimbra que se celebrou no dia 1 de março.

Recordar a Corunha e Santiago de Compostela 2015

27 e 28 de fevereiro de 2015

Clica na imagem

Clica na imagem
Fotos do Mundo

Testa a tua memória

Faz o teu presépio

Faz a tua árvore

Jogo Poluição das Águas

Jogo Eco-Cidade

Jogo Gesto Inteligente Transportes

Joga connosco e aprende!

Jogo interativo em Espanhol

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Jogo "Ser Pessoa"

Os perigos do tabaco

Os perigos do tabaco
Clica, joga e aprende...

Religiões do mundo

Religiões do mundo
Jogo - Para saber mais