quinta-feira, 24 de julho de 2014

Papa Francisco "convoca estrelas" para jogo pela paz

O Papa Francisco escolheu um jogo de futebol como forma de promover a paz e a coesão entre religiões no mundo. A iniciativa do chefe da ingreja católica surgiu após conversa com o seu conterrâneo Javier Zanetti, jogador que terminou a carreira na época passada. Os dois argentinos vão realizar um jogo inter-religioso pela paz.
A partida será disputada no estádio Olímpico de Roma, no próximo dia 1 de setembro. O “plantel” escolhido pelo Papa conta já com confirmações de grandes craques do futebol mundial. No relvado italiano, vão estar Messi, Zidane, Buffon, Pirlo, Eto’o, Roberto Baggio e o próprio coautor da ideia, Javier Zanetti.
Todos os convocados participam em nome das diferentes religiões do mundo, que estarão presentes, pela primeira vez, em Roma para celebrar o encontro entre o desporto e a fraternidade.

Segundo o jogador argentino, que terminou a sua carreira no Inter de Milão, a iniciativa foi proposta pelo Papa Francisco durante uma conversa entre ambos, em 2013. O ex-internacional argentino afirma que o evento será realizado por duas fundações sem fins lucrativos e que ele fará parte da organização. O argentino espera que seja “uma noite de grande futebol e uma celebração entre os povos”.

in Desporto.sapo 24-07-2014 12:10

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Museu do APARTHEID- África do Sul


No museu do Apartheid encontra-se  a história da vida de Nelson Mandela, os  seus ideais e os acontecimentos que marcaram sua vida: quando saiu da prisão e quando ganhou as eleições para presidente da África do Sul. 

Uma lição de vida para quem visita este espaço único no mundo.








  Nele estão expostos recortes de jornais, fotos e palavras das vítimas. 

 Logo à entrada, o visitante recebe uma etiqueta que o rotula como branco ou não-brancoEle entrará somente pela porta indicada no cartão. 

 O objetivo é causar um desconforto e transportar o visitante para uma época em que brancos e negros foram separados por lei.

 Os negros foram expulsos da cidade de Johannesburg , não tinham direito a voto e a bons empregos... 

 Neste museu, encontram-se imagens da época, vídeos e textos com toda a história da luta contra a desigualdade. 

 Nelson Mandela, um dos maiores líderes do movimento contra o racismo, tem lugar especial. Depois de ter passado quase 28 anos na cadeia, saiu de lá e ainda disse que amava os brancos. Recebeu o Prémio Nobel da Paz.

A nova bandeira sul-africana passou a ser usada depois da eleição de Nelson Mandela em 1994. Uma das explicações para o símbolo da bandeira um Y deitado é:  negros e brancos caminhando juntos agora em direção a uma conciliação.

 Visita o link http://www.apartheidmuseum.org/ e conhece melhor o museu do Apartheid.

Dia Internacional Nelson Mandela



Vera Moutinho, in Notícias Sapo, 18 de Julho.

Nelson Mandela

Esta reportagem não é atual, mas recorda, de forma breve, parte do percurso de vida de Mandela

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Aos meus alunos e amigos, boas férias!!!

Os dias de junho foram uma azáfama total... julho também teve os seus quês...

Fim das atividades letivas, avaliações, reuniões, relatórios, vigilâncias, ...

Por isso, só agora desejo aos meus alunos e amigos umas ótimas férias!

Ah! E não se esqueçam das novidades...


Este espaço vai de férias lá para Agosto...

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Rainha Santa Isabel - Programa de Festas 2014





Descendente da Casa Real de Aragão, Santa Isabel nasceu, muito provavelmente, em 11 de Fevereiro de 1270, em Saragoça. Onze anos depois, por procuração, era 
realizado o seu casamento com Dom Dinis, consumado em Trancoso, em Junho de 1282.
Tornada Rainha de Portugal, Dona Isabel contemplaria Coimbra pela primeira vez em Outubro de 1282, cidade onde se recolheu após a viuvez e realizou muitas das práticas caritativas acompanhadas de prodigiosos milagres, que viriam a ter como expressão máxima a lenda da transformação do pão em rosas.
Falecida aos sessenta e seis anos, no dia 4 de Julho de 1336, em Estremoz, foi sepultada em Coimbra no dia 11 de Julho.



PROGRAMA:

 

"São rosas, senhor"

A mulher de D. Dinis, a rainha Santa
Isabel, tornou-se célebre pela sua imensa bondade. Ocupava o tempo a fazer bem a quantos a rodeavam, visitando e tratando doentes, distribuindo esmolas pelos pobres.
Ora, conta a lenda que o rei, já irritado por ela andar sempre misturada com mendigos, a proibiu de dar mais esmolas.
Mas, certo dia, vendo-a sair furtivamente do palácio, foi atrás dela e perguntou o que levava escondido por baixo do manto.
Era pão. Mas ela, aflita por ter desobedecido ao rei, exclamou:

- São rosas, Senhor!
- Rosas, em Janeiro?- duvidou ele.
De olhos baixos, a rainha Santa Isabel abriu o regaço - e o pão tinha-se transformado em rosas, tão lindas como jamais se viu.



Romance da Rainha Santa Isabel


Peço graça com fervor

Do divino Manuel,
Para que haja de rezar
Da Rainha Santa Isabel:
Em Saragoça nascida,
Segundo a oração diz,
Foi rainha mui querida,
Mulher d’el-rei Dom Dinis;
Aos pobres socorria
Com entranhas do coração;
Pois de ninguém se fiava,
Sua esmola apresentava
Com a sua própria mão.
Vindo a “santa” um dia,
Com seu regaço ocupado,
Pelo tesouro que havia,
Com el-rei eis encontrada!
«Que levais aí, Senhora?
Levo cravos e mais rosas,
Para mais nossa alegria.
Bem sei que levais dinheiro,
Segundo sois costumada;
Antes que muito me cheira,
Rosas em Janeiro,
É de maravilha achá-las!»
A Senhora
O seu regaço lhe amostrou,
Cravos e rosas achou,
Um cheiro que admirava.
«Ó rainha excelente!
Meu tesouro podeis dar,
Minha coroa empenhar
Porque tudo estou contente.»
Estando a “santa” um dia
Na sua sala sentada,
Chegou-lhe um pobre chagado,
Se o podia arremediar;
Ela lhe disse
Com palavras de amor:
«Mandarei chamar o doutor,
Que vos haja de curar.
Senhora, se queredes
Ter o vosso coração inflamado,
Deitai-me na vossa cama,
Que eu serei remediado.»
A Senhora
De pés e mãos o lavou,
Na sua cama o deitou.
Um cavaleiro, que no paço
Havia encontrado,
A el-rei tudo é contado.
Vindo el-rei muito agastado,
Com tenção de a matar,
Contra a clemência que usava;
Na cama onde repoisava
Deitar um pobre chagado.
A Senhora correu o cortinado,
Achou Jesus crucificado!
Muito chorou o rei com ele
Dos milagres, que ela tinha obrado.
Em Estremoz acabou
Em Coimbra está sepultada,
No convento que formou
De Santa Clara sagrada.

in Romanceiro e Cancioneiro Popular Português

Clica na imagem

Clica na imagem
Fotos do Mundo

Testa a tua memória

Faz o teu presépio

Faz a tua árvore

Jogo Poluição das Águas

Jogo Eco-Cidade

Jogo Gesto Inteligente Transportes

Joga connosco e aprende!

Jogo interativo em Espanhol

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Jogo "Ser Pessoa"

Os perigos do tabaco

Os perigos do tabaco
Clica, joga e aprende...

Religiões do mundo

Religiões do mundo
Jogo - Para saber mais