domingo, 27 de março de 2011

Horário de Verão

Portugal Continental e a Madeira voltaram hoje à hora de Verão ao adiantar os relógios 60 minutos da 1h para as 2h, enquanto nos Açores a alteração se realizou às 0h. Segundo o director do Observatório Astronómico de Lisboa, Rui Agostinho, todos os países no espaço europeu fizeram a transição da hora de inverno para a hora de Verão, no mesmo instante, à mesma hora. Portugal decide qual a hora oficial que pretende ter, se é a do fuso do meridiano de Greenwich, do fuso menos um ou menos dois, mas em relação à hora de Verão deixou de ser uma competência nacional e passou a ser uma decisão no âmbito da União Europeia (UE). O último domingo do mês de Março foi selecionado para concretizar a alteração para a hora de Verão e o último domingo de Outubro para passar à hora de Inverno, «uma escolha política, no sentido de que não foi uma escolha científica, o que está na génese não é uma decisão de carácter astronómico», explicou o especialista.

Lusa / SOL


Imagem da Wikipedia

quinta-feira, 24 de março de 2011

Missão Tete - Alimentos para Moçambique

No contacto mantido com uma associação de Coimbra que trabalha com Moçambique e com as Irmãs de S. José de Cluny, a PROMUNDO está a trabalhar para tentar enviar um contentor com alimentos que partirá dia 9 de Abril para Moçambique.
Alimentos pretendidos:
-Leite em pó
- Papas (nestum, Cerelac)
- Enlatados (salsichas, atum, sardinhas)
- Bolachas
- Massas
- Sabão em Barra
Colabora com o Clube de Solidariedade
Ajuda a ajudar!

terça-feira, 22 de março de 2011

22 de Março, Dia Mundial da Água


Por dia gastam-se muitos litros de água: 10 litros numa descarga de autoclismo, 80 litros num banho rápido, 100 litros numa lavagem de roupa na máquina e 50 litros numa lavagem de louça na máquina...

O esforço para poupar água é uma obrigação!!!

Aqui ficam algumas dicas:
1- De cada vez que utiliza o autoclismo deita muita água fora, desnecessariamente. Tente regulá-lo de forma a poupar água. Se não consegue baixar a bóia, pode pôr um objecto que não flutue no depósito e os gastos de água serão reduzidos.

2- Verifique se o seu autoclismo perde água. Ponha umas gotas de corante no depósito e, se vir água corada na sanita sem ninguém ter puxado o autoclismo, é porque existe uma fuga.

3- O caudal de uma torneira é de 11 a 19 litros de água por minuto. Instale um compressor redutor de caudal e poderá reduzir o consumo em 50%.

4- Não deixe correr a água enquanto lava os dentes ou faz a barba, pois abrir e fechar a torneira várias vezes é melhor do que deixar a correr água sem necessidade.

5- Quando se está a lavar, feche a torneira enquanto se ensaboa. Poupará muita água.

6- Prefira o duche ao banho de imersão.

7- Uma torneira a pingar durante 24 horas, de 5 em 5 segundos, perde 3 litros de água, o que corresponde a mais de 1000 litros de água por ano. Verifique as torneiras e repare as fugas de água.

8- Só utilize a máquina de lavar louça ou roupa quando estiverem cheias ou se possuírem programas de meia-carga.

9- Para poupar água, não lave a loiça com água corrente - encha o lava-loiça.

10- Proceda à rega das suas plantas de manhã cedo ou ao cair da noite. Nessa altura, a evaporação de água causada pelo Sol é menor, pelo que poupará este recurso.

11- Antes de lavar a loiça mais suja, limpe-a com papel e, se necessário, deixe-a "de molho".

12- Regue as plantas da casa com a água recuperada da chuva ou com a que sobra na panela depois de alguém ferver ou aquecer vegetais. Esta será mais rica em nutrientes, embora seja necessário deixá-la arrefecer antes da rega.

Fonte: Naturlink

A escassez de Água no planeta

As Nações Unidas têm como objectivo reduzir em metade o número de pessoas sem acesso a água limpa e equipamentos sanitários básicos. Em 2009, o Dia Mundial da Água (comemorado a 22 de Março) centrou-se na questão das águas transfronteiriças. As imagens desta galeria mostram como se vive quando a água não sai das torneiras, em casa. Na foto, um vendedor ambulante de água.
Imagem: Brian Reed/International Water Association
Crianças a refrescar. Imagem: NWRB/GWP

Transporte de água no Iémen.
Imagem: Abdu Ghalib Alyousufi/Gender Water Alliance

Uma criança à porta de casa, depois de ter ido buscar água possivelmente contaminada. Mais de 35.5 milhões de pessoas no Bangladesh vivem sem acesso a água segura.
Imagem: WaterAid/Brent Stirton

Rapariga recolhe água de uma cisterna quase seca, no Iémen.
Imagem: Abdu Ghalib Alyousufi/Gender Water Alliance

Crianças da Birmânia a usar uma bomba de água da Action Against Hunger.
Imagem: N. Villemenot/Action Against Hunger

Um grupo de mulheres recolhe água numa fonte com risco de contaminação que fica a mais de uma hora de suas casas. Mais de 3 milhões de pessoas no Malawi vivem sem acesso a água segura.
Crianças a lavar as mãos num tanque.
Imagem: Nancy Haws/Water for the People

Bomba de água.
Imagem: Action Against Hunger

Monges budistas fazem as abluções e a higiene matinal no rio Mekong, o mais longo do sudeste asiático.
Imagem: EPA/BARBARA WALTON
in Fotos Sapo.

Dia Mundial da Água


"Água mata mais que guerras"

Mais de metade das camas dos hospitais no mundo estão ocupadas por doentes que beberam má água.

A cada segundo, uma criança morre na sequência de doenças causadas pela má qualidade da água. Por ano, isto significa que todos os anos, 1,8 milhões de crianças com menos de cinco anos morrem por causa da água que bebem. Repetimos: da água que bebem. A água, esse líquido fundamental à sobrevivência de todos nós, é também o veneno que milhões de pessoas ingerem no mundo inteiro.
Mas não são só as crianças que sofrem com a má qualidade da água. De acordo com dados fornecidos ao Diário Económico pelo Programa do Ambiente das Nações Unidas (UNEP), mais de metade das camas dos hospitais no mundo inteiro estão ocupadas por pessoas cujas doenças são originadas por água contaminada.
E morrem mais pessoas pela água que bebem do que por qualquer outra forma de violência: incluindo as guerras.
Então, por que razão não é a água notícia?, pergunta o Director Executivo da
UNEP, em artigo escrito para o Diário Económico sobre o Dia Mundial da Água.
As razões para se falar desse assunto seriam óbvias:
grande parte do globo terrestre não tem acesso a água de qualidade. Todos os anos, mais de dois milhões de toneladas de esgotos são deitados ao mar sem qualquer tratamento. E o crescimento das áreas urbanas apenas vai piorar essa situação. Prevê-se que em 2050 a população mundial seja de nove mil milhões de pessoas. Grande parte viverá em cidades sem infraestruturas de apoio como tratamento de esgotos ou saneamento básico. E o que acontecerá então? Que futuro se está hoje a criar?
É isso que as Nações Unidas querem questionar neste Dia Mundial da Água, comemorado hoje, dia 22 de Março e cujo tema este ano é "Água potável para um mundo saudável".
Em Portugal, o estado da água é razoável. Apesar do risco que vai ser, no futuro, a falta de água no nosso território. Na verdade, um terço do nosso país corre o risco de não ter "ouro azul" suficiente dentro de 50 anos.

A falta de água em Portugal pode já começar a ser combatida. Apesar deste combate nunca ser "absoluto", como disse ao Diário Económico Orlando Borges, presidente do Instituto Nacional da Água (INAG), que deixa alguns conselhos para minimizar essa escassez e reduzir o "risco da sua ocorrência, como por exemplo o ordenamento do território, o tratamento adequado das águas residuais, melhores práticas agrícolas, adopção de medidas de incentivo ao uso eficiente da água e ainda o aproveitamento individualizado da água das chuvas."
A qualidade da água em Portugal não é das piores, "existindo frequentemente resultados bons e maus, em função das regiões do país", afirma Miguel Leal, da empresa Bio3, que acrescenta que uma das piores regiões é, precisamente, Lisboa e Vale do Tejo.
Hélder Spínola, da Quercus, analisa os dados do INAG sobre águas superficiais: "Em 2008, para além de 38% dos locais monitorizados apresentarem má qualidade, apenas 28% possuía qualidade boa", diz.
As doenças provocadas pela falta de qualidade da água em Portugal, no entanto, já não são as mesmas de há 50 anos.
Apesar de ainda não estar comprovada a ligação directa entre algumas doenças e águas subterrâneas contaminadas por pesticidas provenientes da agricultura existentes em poços, por exemplo. A hepatite e a legionela são algumas das doenças cujo vírus se pode espalhar através da água, disse ao Diário Económico Paulo Diegues, responsável pela divisão de Saúde Ambiental da Direcção Geral de Saúde, que destaca a qualidade das águas de consumo humano em Portugal, a que tem acesso 93% da população. "Houve uma evolução muito considerável no que respeita à distribuição e tratamento das águas em Portugal. Hoje estamos na linha da frente em muitos aspectos".
in Sapo, por Irina Marcelino.

segunda-feira, 21 de março de 2011

No Dia da Árvore, Sê….

Se não puderes ser um pinheiro no topo da colina,
sê um arbusto no vale,
mas sê o melhor arbusto na margem do regato.

Sê um ramo, se não puderes ser árvore.
Se não puderes ser um ramo,
sê arbusto e dá alegria a algum caminho.

Se não puderes ser estrada,
sê apenas um caminho.

Se não puderes ser sol,
sê uma estrela.

Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso…
Mas sê o melhor no quer que sejas.

Douglas Malloch

Quaresma no Facebook


O lent2face é hoje notícia na página 17 do Diário de Notícias.
in "lent2face"

sábado, 19 de março de 2011

Para saber mais: "os terramotos"


Tipos de interacção de placas

Limites divergentes

Limites convergentes
Limites transformantes

in "Os Terramotos" - Infografias - Sic

O dia do Pai pelo mundo...

O Dia do Pai tem origem na antiga Babilónia, há mais de 4 mil anos.

Um jovem chamado Elmesu moldou em argila o primeiro cartão. Desejava sorte, saúde e longa vida a seu pai.

Nos Estados Unidos, Sonora Luise resolveu criar o Dia do Pai em 1909, motivada pela admiração que sentia pelo seu pai, John Bruce Dodd.
O interesse pela data difundiu-se da cidade de Spokane para todo o Estado de Washington e daí tornou-se uma festa nacional.

Em 1972, o presidente americano Richard Nixon oficializou o Dia do Pai. Naquele país, ele é comemorado no terceiro domingo de Junho.

Em Portugal é comemorado a 19 de Março.

No Brasil, é comemorado no segundo domingo de Agosto. A criação da data é atribuída ao publicitário Sylvio Bhering, em meados da década de 50, festejada pela primeira vez no dia 14 de Agosto de 1953, dia de São Joaquim, patriarca da família.

Países que celebram no terceiro domingo de Junho:

África do Sul, Argentina, Canadá, Chile, Eslováquia, Estados Unidos, Filipinas, França, Hong Kong, Holanda, Índia, Irlanda, Japão , Macau, Malásia, Malta, México, Peru, Reino Unido, Turquia, Venezuela

Países que celebram noutras datas:

Áustria: segundo domingo de Junho
Austrália: o primeiro domingo em Setembro
Bélgica: St Joseph's day (19 de Março), e o segundo domingo em Junho ("Secular")
Brasil: segundo domingo de Agosto
Bulgária: 20 de Junho
Dinamarca: 5 de Junho
República Dominicana: último domingo de Junho

Alemanha: no Dia da Ascensão
Coréia do Sul: 8 de maio, Dia do Pai (ambos).
Lituânia: o primeiro domingo de Junho
Nova Zelândia: o primeiro domingo de Setembro
Noruega, Suécia, Finlândia, Estónia: segundo domingo de Novembro
Polónia: 23 de Junho
Portugal, Espanha, Itália, Andorra, Bolívia, Honduras e Listenstaine: 19 de Março
Rússia: 23 de Fevereiro (dia do Exército)
Tailândia: 5 de Dezembro, dia do nascimento do rei Bhumibol Adulyadej
Taiwan: 8 de Agosto


in Wikipedia

sexta-feira, 18 de março de 2011

Jejuar nesta Quaresma

enviado por email (adaptado)

Clica na imagem

Clica na imagem
Fotos do Mundo

Testa a tua memória

Faz o teu presépio

Faz a tua árvore

Jogo Poluição das Águas

Jogo Eco-Cidade

Jogo Gesto Inteligente Transportes

Joga connosco e aprende!

Jogo interativo em Espanhol

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Jogo "Ser Pessoa"

Os perigos do tabaco

Os perigos do tabaco
Clica, joga e aprende...

Religiões do mundo

Religiões do mundo
Jogo - Para saber mais